terça-feira, 19 de dezembro de 2017

REVIEW | Nabla Crème Shadows

Utilizo sombras em creme como base da minha maquilhagem de olhos quase todos os dias. E muito raro utilizar um primer normal (apesar de também gostar), porque sinto que com as bases para sombras consigo fazer sobressair as cores mais facilmente, ao conjugar o tom da sombra em creme com a sombra principal que vou utilizar por cima. Hoje quero falar-vos das Crème Shadows da Nabla, porque são das minhas favoritas.



Cor
A Nabla tem uma grande variedade de tonalidades - 15 tons! Segue-se uma pequena descrição de cada um deles:
Underpainting: nude cremoso com subtom amarelado cremoso e sem brilhos, ideal para criar uma base para qualquer sombra. É muito pigmentada, disfarçando a tonalidade mais escura das pálpebras ou qualquer pequena veia que esteja mais visível. Acabamento Matte.
▹ Morning Glory: uma das minhas primeiras sombras e a mais usada por ser a mais neutra e básica de todas e a que vai melhor com o meu subtom de pele. Tal como a anterior, é um nude cremoso mas esta com um subtom rosado, sem brilhos, que ajuda a apagar as veias das pálpebras tornando-as numa tela pronta a receber as sombras em pó por cima. Acabamento Matte.
▹ Christine: champanhe de subtom rosado perolado e brilhante. Daquelas para usar e abusar no dia-a-dia também. Acabamento Bright.
▹ Birki: tom nude com uma base quente; parece um café com leite. O acabamento é assim um acetinado delicado, mas praticamente mate. Acabamento Satin.
Entropy: toupeira com pequenos brilhinhos e um subtom rosado. É um tom neutro que fica bem com um grande número de sombras acetinadas ou brilhantes que usamos frequentemente no dia-a-dia. Acabamento Bright.
▹ Dandy: dourado velho com reflexos champanhe. Acabamento Bright.
▹ Bakery: castanho pastel neutro com um efeito acetinado discreto (parece praticamente mate). Uso-a frequentemente quando faço maquilhagens com uma sombra castanha mais escurinha na pálpebra. Acabamento Satin.
▹ Caffeine: castanho escuro com reflexos bronze. Acabamento Bright.
▹ Dusk: tom pêssego com reflexos dourados. Acabamento Bright.
Utopia: bronze com reflexos rosados/acobreados, muito luminosa. Acabamento Bright.
▹ Supreme: a sombra que utilizo quase sempre que opto por maquilhagens com sombras avermelhadas. É um bordô com reflexos rosados. Acabamento Bright.
▹ Pinkwood: rosa malva com efeito acetinado. Tem um subtom meio arroxeado. Acabamento Satin.
Rea: roxo escuro e intenso com shimmer. Acabamento Satin (mas eu acho que se insere melhor no acabamento Bright).
Petite Mélodie: lilás com reflexos azuis. Acabamento Bright.
Hyperspace: esta cor é muito difícil de descrever - é assim o género de um prateado misturado com um verde muito clarinho. Acabamento Bright.
▹ Husky: acinzentado com pequenas partículas de glitter multi-colores: rosa, verdes, coral e dourados. É única, muito bonita e só peca por perder algumas partículas para o rosto durante a aplicação e ao longo do dia. Acabamento Sparkle.
Aurora: verde esmeralda com reflexos turquesa, com uma base escura. Acabamento Bright.








Fórmula, acabamento, pigmentação
Podem encontrar 4 acabamentos distintos nestas sombras da Nabla: Satin, Bright, Matte e Sparkle (deixei o acabamento de cada um dos tons na descrição acima). De um modo geral, as fórmulas são bastante semelhantes e comportam-se da mesma forma nos olhos - são extremamente cremosas, bastante pigmentadas e fáceis de aplicar de forma a obter um resultado uniforme. A fórmula é à prova de água e de longa duração. Para quem conhece, quando comparadas com os Paint Pots da MAC, estas sombras são um pouco mais cremosas e dá-me ideia que, de um modo geral, a pigmentação é melhor (há alguns Paint Pots que têm uma base mais translúcida e depois deixam uma tonalidade ligeira com uns brilhos bonitos); no entanto, alguns têm uma fórmula parecida, como é o caso do Painterly, que é muito semelhante à Morning Glory da Nabla.



Aplicação
Estas sombras em creme funcionam lindamente como bases para sombras, mas também podem ser usadas por si só, de tão bonitas que são. Outra hipótese é utilizá-las como eyeliner, principalmente as mais escuras. Costumo aplicá-las tanto com o dedo como com um pincel de cerdas sintéticas com formato achatado, mas é mais fácil obter uma pigmentação mais intensa utilizando o dedo (e dá para construir a cor mais facilmente). Por vezes, aplico a maioria da sombra com o dedo e depois dou um jeito com o pincel na zona do côncavo. Secam rapidamente na pálpebra e, depois de secarem, já não as tiram do sítio sem ser com desmaquilhante.
Aplico-as maioritariamente na pálpebra móvel (onde aplico depois uma sombra de tonalidade semelhante por cima), puxando um pouco para o côncavo. A Morning Glory e a Underpainting aplico na pálpebra toda, geralmente para maquilhagens mais neutras. De um modo geral, a aplicação é simples e fácil, uma vez que as sombras esfumam muito bem. A excepção é a Husky, a única sombra de acabamento Sparkle - apesar de ser em tudo semelhante às outras (cremosa e pigmentada), com esta sombra caem alguns brilhos para o rosto ao longo do dia e também durante a aplicação, principalmente se utilizarem um pincel (aplicando com o dedo minimiza-se um pouco este problema, mas não faz milagres). Neste caso talvez seja importante utilizar um primer específico para glitter por baixo (ainda não experimentei).

Para esta maquilhagem utilizei a Crème Shadow na cor Utopia na pálpebra móvel como base para as restantes sombras: Rust, On The Road e Millennium (todas da Nabla)


Durabilidade
Como disse anteriormente, estas sombras são à prova de água e de longa duração, pelo que depois de assentarem não saem do sítio o dia inteiro, até as querermos remover. Não acumulam nos meus olhos, mesmo sem utilizar qualquer primer por baixo (costumo aplicar corrector na pálpebra e selar com pó solto antes de qualquer maquilhagem de olhos). Apenas de referir que a minha pele é bastante normal (a mista) e que não sei como se comportam em pálpebras muito oleosas.


Remoção
Costumo utilizar um desmaquilhante bifásico e saem facilmente.


Embalagem
A embalagem é pequena (sem grandes desperdícios e material desnecessário), de plástico transparente, com uma tampa de enroscar bordô opaca. O tamanho é suficiente para podermos utilizar o dedo sem problemas (a não ser que as unhas sejam muito grandes :p). Deixando os potinhos virados com a tampa para baixo (ou mesmo de lado), conseguem ver facilmente a cor, o que é bastante útil para quem tem várias cores. Os potinhos vêm dentro de uma embalagem de cartão rosinha (que costumo deitar fora). 
É muito importante fechar bem a embalagem para evitar que as sombras sequem demasiado rápido. Já tenho algumas das minhas há algum tempo e não notei que alterassem a consistência da sombra por aí além. Apesar de tudo, quando e se algum dia acontecer, faço o que é habitual: adicionar 2 ou 3 gotas do Duraline da Inglot, dar uma misturadela e voltam a estar como novas. No entanto, como disse, ainda não precisei de fazer isso a nenhuma (dá-me ideia que os Paint Pots da MAC secam mais rápido).




Preço e onde comprar
Podem encontrar estas pequenas maravilhas por 11,50€/5mL na loja online da Nabla e na Maquillalia ou por 14,20€ na Kitchen Makeup Boutique.

Utilizam sombras em creme?
Espero que esta publicação tenha sido útil.

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...