quarta-feira, 30 de agosto de 2017

BODY | Combate à celulite - será possível?

A celulite afecta cerca de 95% das mulheres após a puberdade, de todas as etnias, mas é mais comum entre as mulheres caucasianas; apesar de ser mais raro, pode aparecer também nos homens. Infelizmente, devido a influências hormonais, estamos predispostas a criar celulite no nosso corpo e isso não acontece apenas em pessoas gordinhas ou que não fazem exercício físico. A celulite é uma alteração fisiológica da arquitectura da pele e gordura, que afecta o tecido subcutâneo (logo abaixo da pele) e aparece devido à forma como a gordura e o tecido fibroso se organizam. Esta ocorre devido à limitação do fluxo sanguíneo, havendo um aumento de formação do tecido fibroso e cordas fibrosas, que acaba por ficar cada vez mais lasso, tendo tendência a ficar com aquele aspecto ondulado característico conhecido por "casca de laranja". Os locais mais frequentes onde aparece a celulite são as coxas, os glúteos, o abdómen e os braços. De acordo com o seu grau de gravidade, a celulite pode ser classificada em 4 graus, sendo o grau 1 o mais leve e o grau 4 o mais grave. Apesar de tudo, a celulite não é uma doença e constitui uma forma natural de o nosso organismo armazenar gordura superficial.

Fonte da imagem


Os principais factores de agravamento são:
▸ Factores hormonais;
▸ Alimentação pouco saudável (excesso de gordura trans e saturadas, hidratos de carbono simples, doces, refrigerantes e sal) e escassa ingestão de líquidos;
▸ Sedentarismo;
▸ Excesso de peso e obesidade;
▸ Má circulação sanguínea (utilizar roupa apertada favorece o aparecimento da celulite);
▸ Genética/história familiar;
▸ Idade (quanto maior a idade, menor a elasticidade do tecido que suporta a pele);
▸ Tabaco (causa vasoconstrição, limitando o fluxo sanguíneo que chega aos diversos locais do corpo);
▸ Alguns medicamentos (aqueles que causam retenção de líquidos agravam o problema).

Fonte da imagem


O que podemos fazer para ajudar/prevenir?
A questão é - será que há alguma coisa que possamos fazer para fazer a celulite desaparecer? A melhor resposta que vos posso dar é que é complicado. A palavra-chave aqui é prevenir. Devemos adoptar um estilo de vida saudável desde muito cedo (desde sempre, idealmente), fazendo uma alimentação variada e equilibrada, e praticando exercício físico regularmente. Resumindo:
Alimentação saudável: evitando os alimentos demasiado processados, com gorduras nocivas (gorduras trans e saturadas) e os hidratos de carbono simples. É igualmente importante evitar o sal e os refrigerantes. Devemos dar preferência aos hidratos de carbono de absorção lenta (farinhas integrais, frutas, verduras) e às gorduras mono e poli-insaturadas. Para potenciar os efeitos dessas acções, deve-se limitar o consumo de café e álcool.
▸ Exercício físico regular: o exercício físico aeróbio (caminhada, corrida, bicicleta, dança...) ajuda a queimar gordura e os exercícios de localizada ajudam a aumentar a massa muscular que, por sua vez, ajuda a queimar mais gordura em repouso e pode melhorar o aspecto da celulite, uma vez que contraria a flacidez da pele. O ideal é combinar estes dois tipos de exercício, uma vez que perder peso sem fortalecer a musculatura pode piorar a aparência da celulite.
▸ Ingestão de água adequada: tenhamos muita sede ou não, o nosso corpo necessita de pelo menos 1,5-2L de água por dia.

Fonte da imagem


A medicina estética oferece dezenas de tratamentos, maioria deles pouco ou nada eficazes. Ainda assim, nada vos impede de experimentar e ver com os vossos próprios olhos. Até podem nem melhorar a celulite, mas se vocês acharem que sim e isso vos fizer sentir melhor, nada contra! Aqui vos deixo algumas das ofertas no campo do combate à celulite, que podem ser uma ajuda suplementar ao que já foi dito acima (porque isso sim é o essencial):
Cremes: a grande maioria dos cremes anti-celulíticos não têm um impacto significativo na redução da celulite, principalmente se utilizados só por si. A verdade é que o creme escolhido é o menos importante - a massagem que fazemos a aplicar o creme é que poderá ter alguma influência, uma vez que pode favorecer o aumento da circulação e a drenagem linfática e sanguínea. Vendo as coisas pela positiva, os cremes hidratam a pele, e isso só por si deixa a pele com melhor aspecto. A parte mais chata é que tem que ser uma massagem vigorosa, demora algum tempo e deve ser feita de manhã e à noite. Se pesquisarem no YouTube encontraram alguns vídeos com técnicas de massagem. A única substância que parece alguma influência é o retinol, mas porque melhora o aspecto da pele e não porque diminui a celulite por baixo desta.
▸ Suplementos alimentares: na maioria das vezes constituídos por diversas substâncias que ajudam a diminuir a retenção de líquidos, aumentar o metabolismo das gorduras, melhorar a circulação, etc. Se tomados com alguma persistência e na maioria das vezes em tratamentos prolongados, podem ajudar discretamente. 
Massagens modeladoras e drenagens linfáticas: podem ajudar a melhorar o aspecto da pele temporariamente. As massagens vigorosas (na maioria das vezes dolorosas também!) favorecem a circulação sanguínea local, atenuando o efeito casca de laranja. Convém serem feitas frequentemente, porque o efeito é apenas temporário.
▸ Lipocavitação: tratamento com ultra-sons que diz penetrar profundamente no corpo, quebrando as moléculas de gordura. Deve ser feita frequentemente e deve ser seguida de uma sessão de drenagem linfática. Recomenda-se também a prática de exercício físico algumas horas após o tratamento, para favorecer a eliminação da gordura que é libertada para a corrente linfática.
▸ Radiofrequência: utiliza radiação electromagnética de alta frequência, que provoca agitação das moléculas de água e aumento da temperatura. Dizem os especialistas que estimula a produção de colagénio, que promove a destruição das pontes fibrosas que causam retracção da pele e o aspecto "casca de laranja", deixando a pele mais firme e uniforme.
▸ Laser: o tratamento faz-se através da aplicação de laser na região a tratar, sendo necessário fazer incisões na pele para ser introduzida uma cânula com o aparelho que emite o laser. Este tratamento promete destruir a gordura localizada e quebrar os septos fibroses que deixam a pele com aspecto irregular. Diz-se que as máquinas recentes são o tratamento mais promissor para a celulite, uma vez que necessitam apenas de uma sessão. Por outro lado, também li que é um tratamento temporário e que necessita de várias sessões porque o efeito se perde quando se suspende o tratamento. É um processo caro, minimamente invasivo, pode causar equimoses (nódoas negras) e pode ser necessário utilizar roupa compressiva durante a recuperação.
▸ Endermologia: é feita com um aparelho de sucção, que estimula a circulação e promovem a drenagem linfática. Tal como as massagens de que falei acima, o efeito é apenas temporário, até que os líquidos voltem a acumular-se no corpo.
▸ Mesoterapia: tratamento minimamente invasivo, consiste na injecção de pequenas quantidades de substâncias "anti-celulíticas" directamente nas zonas afectadas, com o objectivo de "desfazer" a celulite e ajudar na eliminação de gordura localizada. Podem ser utilizadas diversas substâncias ou misturas de substâncias e há muitos sítios que o fazem com quantidades de produto homeopáticas (resumidamente, a homeopatia utiliza diluições infinitas de uma substância terapêutica, dizendo que é eficaz dessa forma; basicamente, é como se quisessem tratar uma infecção com uma gotinha de antibiótico diluída numa grande piscina). Frequentemente provoca hematomas. 
Lipoaspiração: consiste na remoção de gordura do organismo com um "aspirador", através de acção mecânica directa. É um método cirúrgico com todos os riscos associado a uma cirurgia com anestesia, é invasivo, caro e a verdade é que os estudos têm demonstrado que a celulite pode voltar rapidamente através das células adiposas que se mantêm no corpo após o procedimento. Antigamente dizia-se que podia ser um método promissor na redução da celulite, mas actualmente a Sociedade Americana de Cirurgia Plástica diz que não é útil para essa função, podendo até mesmo agravar o aspecto da celulite.

E qual é a parte chata da maioria destas "soluções" para a celulite? Maioria delas são parciais e temporárias, pelo que algumas delas necessitam de comprometimento diário (no caso dos cremes associados a massagem). Uma vez suspenso o tratamento, a celulite volta a ter o mesmo aspecto!

Fonte da imagem


Recentemente tive oportunidade de experimentar umas cápsulas anti-celulíticas bastante conhecidas cá em Portugal - Cellulase Pearls, umas cápsulas douradas que prometem ser a "solução adequada para mulheres com pele "casca de laranja" em estado ligeiro para 90% dos casos - pequenas ondulações com aspecto de cova e visíveis quando apertados".



Este suplemento é formulado com "ingredientes activos de origem natural, puros e concentrados, que actuam em sinergia para um eficaz efeito anti-celulítico". Os ingredientes activos destas cápsulas são: pérolas Recaptacell™ (com óleos essenciais de Borago officinalis e DHA extraído de alga e Citrus sinensis e óleos ómega-3 e ácido linoleico); vitaminas B6 e B9; bioflavenóides venoactivos; Vitis vinífera; Gingko biloba; Centella asiatica; Ruscus aculeatus; Melilotus officinalis; Fucus vesiculosos (alga).



O tratamento com Cellulase Pearls consiste na toma de 2 cápsulas por dia (manhã e tarde - deve evitar-se a toma da cápsula à noite, uma vez que pode dificultar o sono) e recomendam um tratamento entre 8 a 12 semanas para se verem resultados. Como não há como ver para crer, optei por tirar fotografias antes e após o tratamento - e a verdade é que, infelizmente, não notei diferenças significativas. Contudo, fiz apenas duas embalagens (40 dias de tratamento) e para fazer as tais 8 semanas recomendadas, seriam necessárias 3 caixas, portanto, o meu testemunho vale o que vale (pode ser útil para aquelas pessoas que tencionam fazer apenas uma caixa, achando que vai fazer um pequeno milagre). A verdade é que lá no fundo esperava que se notasse pelo menos uma diferença ligeira, por testemunhos de outras bloggers que já tinha lido, mas infelizmente, nada feito (e eu até faço uma alimentação relativamente saudável, pratico exercício físico 4 a 5 vezes por semana e bebo imensa água).

Assim de repente até pode parecer que a pele está mais lisa no depois das primeiras fotos, mas fazendo o teste de apertar não se nota diferença.


Para além desta versão para a celulite mais ligeira, existe ainda o Cellulase Advanced para situações de celulite avançada. Podem encontrar o Cellulase à venda em farmácias e parafarmácias e o preço de cada embalagem é extremamente variável consoante o local (pelo que pesquisei, podem ir dos 40-70€, sendo o Cellulase Pearls mais barato que o Cellulase Advanced).

Lamento se não vos trouxe boas notícias no que toca ao combate à celulite, mas o melhor que têm a fazer em relação a esta praga que nos afecta a quase todas é serem saudáveis! =)

3 comentários:

  1. Otima review, mas acho que deixou a pele mais lisa sim! Bj

    ResponderEliminar
  2. Caramba... sorte dos diabos! haha
    Sábado vou já enfiar-me no ginásio a ver se queimo os primeiros sinais de celulite.

    Beijinho
    Porty's Diary | Facebook | Bloglovin | Blogs Portugal | Twitter

    ResponderEliminar
  3. Já ouvi tanta coisa sobre como tratar a celulite e ao fim descubro que nenhum método consegue irradicar por definitivo... a solução é, tal como dizes, ser-se saudável e, sobretudo, saber aceitar. Não existem corpos perfeitos, mas sim corpos bem aceites pelos seus "donos", o que só nos faz aumentar a autoconfiança.

    http://cidadadomundodesconhecido.blogspot.pt/

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...