segunda-feira, 6 de junho de 2016

HEALTH | Fitness Hut - o ginásio mais povoado de sempre

Com certeza que haverá por aí gente a treinar na rede de ginásios Fitness Hut. Inscrevi-me em Setembro e comecei a treinar no Fitness Hut do Retail Parque de Sintra em Outubro, assim que abriu. Já inicialmente o ginásio tinha bastante gente, mas, com a aproximação do Verão, posso dizer-vos que nunca vi um ginásio com tanta gente. Se não formos fora das horas de ponta (e já não é fácil perceber qual é a hora de ponta naquele ginásio), a probabilidade de termos que esperar para fazer um pouco de passadeira ou bicicleta é extremamente grande. A minha sorte é que faço essencialmente aulas de grupo mas, até mesmo nestas é preciso ser muito pontual para conseguir fazer a marcação; isto porque as aulas são marcadas através de uma aplicação no telemóvel, 10 horas antes da hora da aula (ou a partir da meia noite do dia das aulas, para aquelas que são até às 10:00). Até aí tudo bem, mas acontece que às vezes, dependendo das aulas e das horas, nem 1 minuto depois da marcação da aula abrir, as vagas já voaram todas! Se uma pessoa se distrai por um simples minuto, já corre o risco de não conseguir fazer a aula que queria. 



E o pior disto tudo é que todos os dias que vou ao ginásio, sem excepção, vejo mais pessoas a inscreverem-se, mesmo quando o fazem em hora de ponta e vêem que não há um único aparelho livre; às vezes, nem mesmo um pouco de espaço na área livre para se conseguir pôr um colchão no chão e fazer uns abdominais ou alongamentos!

Apesar de tudo, eu gosto imenso do ginásio, acho que tem boas condições em termos de infra-estrutura, aparelhos e espaço, mas... Com demasiada gente! Não sei se é assim em todos os ginásios Fitness Hut, mas o de Sintra está péssimo e claramente com população a mais, tendo em conta que aqui à volta temos algumas das freguesias mais povoadas do país. Felizmente tenho conseguido fazer as aulas que gosto, mas a partir do momento em que deixar de conseguir (ou quando tiver que esperar para tomar banho), vou ponderar mudar para outro ginásio. Fica aqui a dica para quem quiser saber uma opinião sobre o assunto!

Posto isto, deixo-vos algumas sugestões para treinos fora do ginásio. Há alguns acessórios que são relativamente acessíveis e que nos permitem treinar em casa - cordas de saltar (se tiverem espaço), elásticos, halteres, pesos para os tornozelos... 


E também há vários canais no YouTube que têm exercícios que podemos fazer facilmente em casa, desde que tenhamos um pouco de espaço desimpedido. Se nada disso vos agradar, caminhadas pela praia também são uma boa opção. Há até alguns parques com máquinas de manutenção espalhados por vários locais (assim de repente lembrei-me logo do Jamor, onde podem caminhar à vontade e ainda têm os tais equipamentos).

Alguém por aí anda no Fitness Hut? Contem-me como é no vosso ginásio!
Beijinhos*

13 comentários:

  1. É um mal comum. No do Arco do Cego assim que o calor começou a aparecer foi uma enchente. E a maior parte de miúdas que não faz nada e andam lá aperaltadas e maquilhadas. É um custo para conseguir 5 minutos numa máquina...

    xx
    bysilverblog.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vão para lá ocupar espaço só! -.-' O que vale é que quando o verão acabar há sempre gente a desistir ^^

      Beijinhos*

      Eliminar
  2. Eu andei no Fitness Hut um ano e frequentava Picoas e Olivais, especialmente em Picoas onde treinava ao fim do dia sentia esse acréscimo, lembro-me perfeitamente que em Março do ano passado mal raiou o sol, duplicou o número de pessoas no ginásio! Também fazia maioritariamente aulas e lá me ia ajeitando com a app. O problema foi que mudaram os horários em Picoas e deixei de ter vontade de ir, acabei por mudar de ginásio. Tenho boa opinião do FH mas realmente às vezes o excesso de gente no ginásio desmotiva, em especial porque eu fico stressada em multidões.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu gosto do ginásio e das condições, só não gosto da quantidade de gente que lá anda. Devia de abrir outro ginásio low cost aqui na zona, para escoar um bocadinho de gente. Uma pessoa até perde vontade de ir!

      Eliminar
  3. O de Braga também era assim quando lá andava.. mesmo na época baixa (Inverno). Foi umas das razões que me levou a sair. Até porque, pelo menos aqui, começam a aparecer ginásios com o mesmo preço, mas que têm uma avaliação e plano de treinos gratuitos e tm mais valências, como por exemplo, piscinas
    Blog

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O de Sintra também tinha imensa gente no Inverno, mas agora está pior. Aqui nas redondezas não há assim mais nada de ginásios low cost tão bem estruturados :(

      Eliminar
    2. Sofia Ferreira, podes dar as hipoteses que referes? Em principio vou-me inscrever no FH de Braga por 6,60 por semana, que dá cerca de 28,60€ mês (52 semanas/ano). E pelo que vi é dos mais baratos, sem fidelização e horário livre...

      Eliminar
  4. Eu acabei de me inscrever no da almirante reis, mas já estive no do arco do cego à uns anos e sei como é... felizmente nao preciso de ir nas horas de ponta e foi isso que motivou a inscrição ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, tu tens o ginásio mesmo à porta de casa xD Mas pronto, eu só consigo ir às aulas do final do dia, que são as mais requisitadas :c

      Eliminar
  5. Eu frequento o de Loures (onde trabalho) e apenas à hora de almoço. Também notei o acréscimo de pessoas. Moro perto (+ ou -) do de Oeiras e Sintra, apenas fui uma x ao de Oeiras e tb percebi a enorme quantidade de gente e a dificuldade em conseguir aula. Faço só aulas, não faço "máquinas". Há 1 mês q não vou (só tenho corrido, de vez em qd) mas assim até fico com menos vontade de lá voltar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens que ir fora das horas de ponta mesmo :X Ou então ser muito certinha na marcação das aulas, para ter a certeza que arranjas vaga!

      Eliminar
  6. Fitness Hut é fast food da pior qualidade no mundo dos ginásios.
    Este é um testemunho real e respondo pelo mesmo.
    Foi com a expetativa de frequentar um conceito inovador de ginásio que me inscrevi no Fitness Hut.
    Aparentemente com boas instalações, horários alargados e baixo custo. Tudo um engano! Somos tratados como um número (que temos de decorar para ter acesso às instalações) e acumulados numa sala como gado.
    De que serve um espaço tão amplo se nem metade do mesmo é aproveitado?
    Em relação ao equipamento, existem duas máquinas por grupo muscular. Só para os grupos musculares ditos de maior relevância, como se existissem músculos mais e menos importantes. Essas ditas máquinas, menos do que as que existem num ginásio de vão de escada servem dezenas e dezenas de alunos a treinar ao mesmo tempo. Miserável!
    De que servem tantos instrutores se a grande maioria são PTs e existe apenas uma pessoa responsável por sala?
    Mas principalmente, de que servem os horários amplos e os preços acessíveis se é completamente impossível treinar por excesso de alunos? Resultado: Esperar mais de 20 minutos por uma máquina, abdicar de um plano de treino por ser impossível cumprir o mesmo em tempo útil.
    Depois de sete tentativas em duas semanas, nas quais apenas consegui treinar uma única vez, enviei um email pedindo a rescisão do contrato com o Fitness Hut e anulei o débito direto.
    Passados 4 meses e alegando que não fiz o pedido de rescisão na plataforma adequada, mesmo já o tendo feito á posteriori e mesmo depois do envio de carta registada, continuam a cobrar-me mensalidades como se eu estivesse a usufruir dos serviços do mesmo.
    Muitos dos meus amigos e conhecidos estão a tratar da rescisão do contrato que os liga ao Fitness Hut com todo o cuidado, para não serem espoliados como eu. Há alternativas com melhor qualidade e até mais económicas.
    Estamos perante um bando de sanguessugas, que se aproveita das letras miudinhas dos contratos, para obrigar pessoas de bem a pagar aquilo de que já não estão a usufruir. Muito cuidado. Merecemos mais e melhor!
    Miguel Duarte Fernandes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Miguel!
      Comprar o FH ao fast food é uma ideia genial! Não podia concordar mais com a descrição que fazes. A determinadas horas, existe fila até para as passadeiras (já cheguei a ver pelo menos umas 5 pessoas lá à espera). Em relação às aulas (que é o que faço mais frequentemente), não posso queixar-me muito, porque não tenho tido grandes problemas de espaço.
      Já não és a primeira pessoa que ouço falar sobre esse problema na parte da anulação do contrato. Espero que consigas resolver isso rápido!

      Eliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...