segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

MAKEUP | The Balm Mary-Lou Manizer

Se há iluminador falado na blogosfera, é o Mary-Lou Manizer da The Balm (entre muitos outros, é óbvio). Muitas bloggers consideram-no o seu iluminador favorito, o que despertou bastante a minha curiosidade e vontade de o experimentar. Já há uns meses, a loja online kosmetik4less ofereceu-se para me enviar alguns produtos e um dos que escolhi foi precisamente este iluminador. Embora não utilize iluminador todos os dias, é um produto que gosto muito de utilizar, pois dá um glow super bonito à pele. 





Indo já direita ao assunto, confesso que fiquei um bocadinho desiludida, não com a qualidade, mas sim com a cor do Mary-Lou. Maioria das fotografias que vi antes de olhar para ele directamente fizeram-me crer que se tratava de um iluminador champanhe, mas, na verdade, ele é mais dourado do que parece! Mesmo em muitas das fotografias que eu tirei para fazer esta publicação o raio do iluminador parece mais champanhe e menos dourado do que realmente é.




Trata-se então de um iluminador dourado pálido (ou pelo menos qualquer coisa entre o dourado e o champanhe), muito pigmentado, com um acabamento a roçar o metalizado, o que faz com que dê imensa luz ao rosto (não o considero um iluminador subtil). O pó é super fininho e não contém glitter de grandes dimensões, mas sim finas partículas iluminadoras e basta uma pequena quantidade (um toquezinho com o pincel) para obtermos um resultado satisfatório. É muito macio, quase cremoso quando passamos o dedo, mas um pouco poeirento quando passamos com o pincel. Não tenho razões de queixa quanto ao poder de duração, pois dura o dia todo sem sair do sítio.
Nota: em relação ao facto de ser mais dourado do que maioria das pessoas o pinta, vejam algumas das fotografias que encontrei de outras bloggers aqui, aqui e aqui.

Nas fotografias abaixo, a diferença que notam nas texturas é entre a zona onde já tinha passado o dedo e a zona intacta. Conseguem ver perfeitamente o acabamento metalizado na zona onde passei o dedo.





Como disse, dado ao seu acabamento metalizado e à tonalidade dourada, no meu tom de pele cor-de-lula, não é um iluminador subtil ou aquele que me assenta melhor. Ainda assim, consigo utilizá-lo (com cuidado para não exagerar) e não deixa de ficar bonito, mas não é a minha primeira escolha. Efectivamente, nas fotografias abaixo parece champanhe, mas já sabem que a tonalidade dourada está presente.



Bom, para terminar, não querendo que fiquem com a ideia de que não gosto deste produto, posso dizer que é um óptimo iluminador, só não era exactamente o que eu estava à espera no que diz respeito à tonalidade. Em pessoas um pouco mais afortunadas do que eu em termos de melanina (que é como quem diz, um pouco mais escurinhas), acredito que fique lindíssimo - em pessoas de pele negra suponho que não seja a escolha mais acertada, pois deve ficar demasiado evidente (no entanto, é apenas uma suposição).



Já experimentaram este iluminador?
Beijinhos*

6 comentários:

  1. Parece um bocado brilhante demais para o meu gosto!

    ResponderEliminar
  2. Pois, eu tenho assim um tom parecido com o teu e fujo a sete pes de iluminadores ou bronzers afugir para o dourado! E por acaso eu do que já tinha visto também pensava que o Mary-Lou era mais claro. Acho que deve ficar lindo em meninas bronzeadas para aqueles looks mesmo de Verão :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu tinha mesmo ideia de que era mais claro x) E sim, em meninas mais escurinhas deve ficar muito bem =)

      Eliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...