sexta-feira, 20 de setembro de 2013

REVIEW | Revlon Colorstay Makeup Combination/Oily Skin

Hoje trago-vos a review de uma base que é super super badalada, tanto lá fora com cá dentro - a Revlon Colorstay, neste caso, a versão para peles mistas a oleosas. Preparem-se, que esta publicação vai ser um pouco longa, mas as bases são daquelas coisas que são difíceis de acertar!
Infelizmente não achei uma cor que realmente se adequasse ao meu tom de pele. Optei, então, por misturar 2 cores: a 110 Ivory com a 220 Natural Beige (entre estas duas cores existem as cores 150 Buff e 180 Sand Beige, mas não achei que fossem muito adequadas para o meu tom de pele). Desta forma tenho cor de base para todo ano, variando a minha mistura consoante esteja mais ou menos clara (ia dizer escura, mas não me parece bem, tendo em conta que pouco me bronzeio!). Actualmente consigo bem utilizar apenas a 220 Natural Beige, mas não tarda vou ter que começar a misturar.
NOTA | Para referência, utilizo a base Pro Longwear da MAC na cor NC15-NC20 (conforme a altura do ano).



110 Ivory | 220 Natural Beige

Eis a minha cor após misturar partes (sensivelmente) iguais das duas cores referidas acima


Começando pela embalagem: esta base vem numa embalagem de vidro transparente, pesada e, portanto, pode partir se não tiverem cuidado. A parte chata (já todas devem saber) é que esta base não tem um doseador, portanto, não é fácil acertar sempre com a quantidade de que necessitam. Como disse, na maior parte do ano tenho que misturar duas cores para que a cor fique adequada ao meu tom de pele. Assim sendo, a solução que encontrei para que a utilização desta base fosse mais prática, foi misturar partes iguais (kind of) das duas cores num pequeno boião (aqueles que podem comprar na Sephora ou na Primark, por exemplo) e assim tenho a cor correcta e preparada para umas quantas aplicações.



Há muita gente que se queixa que esta base seca rápido e que é preciso espalhar rapidamente para não secar fora do sítio. Não sei se é de estar habituada à minha Pro Longwear da MAC, que realmente seca rápido, mas não acho que seque muito rápido (ou pelo menos mais rápido que a da MAC). Sim, não demora muito tempo a assentar e é preciso ter algum cuidado, mas nada do outro mundo. Costumo aplicar sempre a base por partes, mas mesmo que aplique pequenas quantidades na totalidade do rosto logo de início, não tenho problemas. Experimentei aplicar a Revlon Colorstay com 2 tipos de pincéis: o F82 da Sigma e com um duo fiber (inicialmente com o F50 da Sigma e depois com o Stippling Brush da Real Techniques). Gosto mais da aplicação com o duo fiber, pois aplica uma menor quantidade de base e dá um acabamento mais perfeitinho. No entanto, isto deve depender um pouco do gosto de cada um; no meu caso, para a quantidade de base que gosto de utilizar e para o acabamento que pretendo, acho que funciona melhor com o duo fiber. Não aconselho a aplicação com as mãos, porque é difícil de remover os restos de base que ficam nas mãos depois de espalharem, mesmo com sabonete (e não acho que o acabamento seja bonito aplicando com as mãos, mas vai da opinião de cada um). Caso não achem necessário, poderão não sentir necessidade de aplicar pó (eu tenho tendência a aplicar sempre pó quando utilizo base). Recentemente experimentei também aplicá-la com uma daquelas esponjinhas Beauty Blender wannabe, e gosto bastante do resultado. Utilizo-a molhada e o acabamento é mais leve e confortável, sem grande esforço.

Uma coisa que notei ao longo das utilizações é que é preciso ter um pouco de cuidado com a quantidade de base que utilizamos. Sinto que se aplico um pouco mais do que o necessário, a minha pele fica estranha (com os poros marcados e ligeiramente desconfortável) e parece que a base é pesada e não assenta. Já aplicando a quantidade certa (no meu caso, utilizo basicamente o mínimo indispensável, para ficar com uma pele mais uniforme), fica melhor. Não é a base mais confortável que tenho, mas aplicando uma pequena quantidade é relativamente confortável (apesar de normalmente ter sempre a sensação de estar a usar base). Não me seca a pele, mas pode marcar aquelas zonas mais secas do rosto. Um problema que tenho com esta base é, como referi, o facto de me marcar um pouco os poros (não dá para ver nas fotografias, mas junto ao nariz e nas redondezas o aspecto nem sempre fica do meu agrado). Para ajudar a minimizar esse efeito, gosto de recorrer à aplicação de um primer (tenho andado a usar o da Revlon e gosto!).

A cobertura é média a alta e, na minha pele, não acho que dê para construir a cobertura, por motivos já mencionados. Podem ver nas fotografias abaixo, que as minhas sardas e as zonas mais vermelhas da minha pele ficam bem mais disfarçadas. O acabamento é mate, sem partículas reflectoras. Olhando para as fotografias podem constatar que permanece um certo brilho na pele, embora isso seja essencialmente devido ao flash. Ainda assim, não é daquelas bases com acabamento em pó.
Tem um cheiro forte (não consigo muito bem descrever, mas não acho que cheire a tinta como já ouvi pessoas a dizerem), que para mim não é desagradável, embora tenha ideia que o cheiro permanece durante quase todo o tempo em que estou a utilizar a base (digo isto porque, de vez em quando, vem-me o cheiro ao nariz).

Tem SPF 6 (para que raio serve SPF 6?!), o que faz com que não seja das melhores bases para tirar fotografias (com flash, entenda-se), uma vez que podem parecer mais pálidas.
EDIT | Há quem diga que o SPF baixo faz desta base uma boa base para fotografias, inclusivamente para noivas. Posso ter tido uma má experiência com o pó ou com qualquer outro factor, portanto, é uma questão de experimentarem!

E, deixando o melhor para o fim, para mim, o melhor desta base é mesmo o poder de duração. Dura o dia todo, praticamente perfeita. De todas as bases que tenho, dá-me ideia que esta é aquela com a qual eu chego ao final do dia com a maior quantidade de base no rosto. Tanto que, torna-se um pouco difícil de remover. A solução que eu arranjei foi utilizar um óleo desmaquilhante (o que estou a utilizar é o da Sephora, mas o recente óleo da The Body Shop também funciona bem).

Em relação ao preço, cá em Portugal custa cerca de 20€/30 mL. Podem comprá-la na loja Makeup Pt. Não é tão barata quanto as bases que encontramos tipicamente no supermercado, mas ainda não experimentei nenhuma base de supermercado com um poder de duração tão bom quanto a Revlon Colorstay.


Vamos agora às fotos:

Sem base | Com base (sem corrector ou pó)

Com base (sem corrector ou pó) | Com base e pó


Resumindo e concluindo...

Pros:
* Óptimo poder de duração!!;
* Bom poder de cobertura (médio a alto, na minha opinião);
* Efeito matificado;
* Se não tiverem a pele demasiado oleosa, podem perfeitamente utilizar esta base sem pó (uma vez que já tem pó na sua composição);
* Não resseca (a minha) pele, mas pode marcar aquelas zonas mais secas, se existirem;
* Não acho que seja uma base pesada (embora tudo dependa da quantidade de produto que utilizam);
* Não tive qualquer reacção alérgica;
* Preço acessível (em Portugal cerca de 20€/30mL).
Contras:
* Não tem doseador;
* Tem SPF, pelo que pode não ser das melhores bases para fotografar;
* Pode tornar-se um pouco pesada, dependendo da quantidade que aplicam;
* Pode marcar um pouco os poros (melhora com a utilização de um primer);
* Cheiro forte (embora não o ache desagradável);
* Difícil de remover;
* Não é das marcas mais fáceis de encontrar e as cores mais claras não estão facilmente acessíveis em Portugal.


Sei que referi uns quantos pontos "negativos" nesta base, mas ainda assim, está aprovada. Acho que é uma boa base, mas é preciso ter cuidado para aplicar a quantidade certa. Gosto do acabamento e principalmente o poder de duração. 
Já experimentaram? O que acham dela?
Beijinhos*

15 comentários:

  1. A colorstay é, até hoje, a base que mais me surpreendeu em termos de qualidade/preço na minha pele oleosa! E adoooro o cheiro dela :)
    Ainda tenho que experimentar a covergirl outlast e a colorstay whipped. xx

    // Inês Paúl //

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho a da Covergirl e gosto muito dela. Acho que é uma versão mais leve que a da Revlon, mas ainda assim com uma boa cobertura ;) (já fiz review sobre ela, caso queiras dar uma olhadela). Também tenho bastante curiosidade em experimentar a Whipped! Ando de olho nela, mas tenho tantas bases!

      Beijinhos*

      Eliminar
  2. Eu acho que não iria adquirir esta base, gosto mais do acabamento matte luminoso, não sei se me fiz entender :)
    A da Colorstay que aqui apresentaste pareceu-me bem :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esta tem um acabamento mate, mas não é assim demasiado mate. Pelo menos eu não acho! Já experimentei bases mesmo mate e fica diferente =) Se calhar querias dizer Covergirl em vez de Colorstay, não? (: A da Covergirl é uma óptima base sim!

      Eliminar
    2. Adriana nesse caso a Photoready líquida da marca corresponde a isso ;)
      bjs

      Eliminar
  3. Só discordo da parte do SPF! Precisamente por ser tão baixo, é uma boa base para fotografar (sendo que o ideal é se SPF, claro). Daí ser muito usada em noivas ;)

    A 150 não dá para ti? Eu também sou NC15 na MAC e é a que uso. Acho a 110 super cor de rosa para mim e a 220 também é ligeiramente rosada. **

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já fiquei um bocado esbranquiçada em fotografias com esta base, daí a minha "crítica". Mas isto deve depender muito do flash também (por exemplo, distância à cara da pessoa). Há certas alturas que as fotografias com flash ficam bem e outras em que ficam mal. E não me acontece só com esta base. Eu continuo a achar que as marcas não deviam por SPF nas bases. Não protegem nada (visto que normalmente aplicamos uma camada fina de base e o SPF já costuma ser baixo) e podem estragar fotografias. Se eu quiser pôr protector, logo o coloco antes da base.
      A 150 ficava um bocado estranha em mim (e mesmo que ficasse bem, quando fui comprar não a tinham na versão para peles mistas a oleosas), então optei por trazer estas duas e vou combinando conforme preciso ^^

      Beijinhoo*

      Eliminar
    2. Não terá sido do pó? Já me aconteceu ficar tipo fantasma (uma coisa pavorosa mesmo lol) por causa do pó que escolhi. Há pós do demónio! Linda ao vivo, em fotos um terror ahah

      Beijinhos *

      Eliminar
    3. Ahahah xD Adorei! =p Sinceramente já não sei para o caso da Colorstay em particular, mas sei que já tive esta experiência com outras bases... Tiro 4 ou 5 fotos de seguida e numas estou esbranquiçada e noutras não! Acho que tanto o SPF, como o pó, como o próprio flash devem influenciar a coisa. De qualquer das formas vou pôr ali uma notinha na parte do SPF ;)

      Beijinhos*

      Eliminar
  4. Eu quero tanto essa base mas tenho medo da cor :/ boa ideia em misturares duas bases.. beijinho

    http://ourbittersweetaddiction.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eles até têm uma selecção de cores razoável ;)

      Beijinhos*

      Eliminar
  5. Ando ha algum tempo de olho nesta base, mas como é sempre um drama para encontrar o meu tom ainda não arrisquei! Beijinho*

    BLOG | FACEBOOK | INSTAGRAM

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só mesmo experimentando é que acertamos! E mesmo assim depende da luz -.-'

      Beijinhos*

      Eliminar
  6. eu uso a catrice all matt plus 010, que cor achas que é a mais aproximada dessa da revlon? :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não consigo fazer comparação! Mas a base mais clarinha da Revlon é mais clarinha que essa da Catrice de certeza ;)

      Eliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...