sábado, 7 de janeiro de 2017

SKINCARE | Dois produtos básicos para usar todos os dias

Hoje venho falar-vos de dois dos produtos da bioten que vos mostrei há uns tempos aqui no blog. E, agora que já utilizei uma boa parte deles, venho fazer review de dois produtos que considero essenciais na minha rotina - o hidratante facial para peles oleosas e a água micelar.



Comecemos pela água micelar - bioten Skin Moisture Micellar Water 3-in-1 Cleansing. O que a marca nos diz: "A Água Micelar bioten para peles sensíveis/secas contém partículas extremamente finas de óleo e água, que captura e removem maquilhagem (mesmo à prova de água) e impurezas do rosto, olhos e lábios sem induzir irritações e sem desidratar a pele. A sua fórmula é enriquecida com extracto de algodão 100% natural obtido a partir de métodos de extracção amigos do ambiente, muito rico em proteínas e minerais que cuidam efectivamente das peles sensíveis enquanto conferem uma aparência suave e elástica".

A água micelar faz parte da minha rotina já há vários anos. Utiliza-se no processo de limpeza da pele, para ajudar a remover as impurezas, deitando uma quantidade generosa do produto num disco de algodão que é posteriormente passado no rosto. Normalmente utilizo-a após limpar o rosto com um gel de limpeza e com um desmaquilhante bifásico (nos olhos), no sentido de remover os restos que ficam para traz e que não são removidos durante os passos anteriores.
Posto isto, vamos ao que posso eu dizer sobre a água micelar da bioten. De um modo geral, não tenho grandes críticas negativas a fazer a este produto. A minha pele (normal a mista e um pouco sensível) deu-se lindamente com esta água micelar, sem qualquer tipo de reacção adversa. O cheirinho é suave e super agradável e cumpre bem a sua função (da forma que eu a utilizo, referida anteriormente). A única anotação que vou fazer em relação ao que a marca diz é que não é assim tão eficaz a remover maquilhagem à prova de água. Caso utilizem maquilhagem à prova de água e/ou de longa duração, vão ter alguma dificuldade em removê-la apenas com uma água micelar (não é problema só desta, mas sim de qualquer uma que já experimentei).
Nota importante: maioria das marcas referem que não é necessário lavar o rosto (ou passar um tónico) após a utilização de uma água micelar, no entanto, há quem diga que este passo é aconselhável, para remover os resíduos deste produto que ficam na pele, por ser um produto de limpeza (se o agitarem notam que faz espuma).
Esta água micelar custa cerca de 4€/200 mL, um preço bastante acessível, na minha opinião.

Para quem se interessar, fica a lista de ingredientes

O bioten SKINNERGY break free! creme-gel matificante é um "poderoso hidratante para peles oleosas, que fornece à pele uma hidratação óptima. A sua textura leve, cremosa e de rápida absorção, vai-te libertar e proporcionar uma sensação de frescura imediata e o aspecto mate que tanto procuras". É enriquecido com extracto de goiaba 100% natural (fonte de nutrientes e ingredientes antioxidantes que ajudam a suavizar, hidratar e energizar a pele), complexo Moisture Plus (uma combinação única de agentes hidratantes e bio-polímeros naturais com um duplo efeito: agir como película protectora na superfície da pele e como uma reserva de hidratação na epiderme, com efeito hidratante até 24 horas), SEPIMAT P (que captura o excesso de sebo e ajuda a reduzir a oleosidade da pele, oferecendo um aspecto mate à pele do rosto) e FPS15 (para proteger contra radiações UVA e UVB).

Fiquei agradavelmente surpreendida com este produto. Para um creme que custa cerca de 5,50€, cumpre bastante bem a sua função. Tem uma textura leve e fresca, é fácil de espalhar (sendo necessária uma pequena quantidade apenas) e a absorção é bastante rápida, deixando a pele sedosa, confortável e sem brilho. Outra característica importante para mim na escolha de um hidratante: não interfere com a maquilhagem que colocamos por cima, ou seja, não noto que a maquilhagem dure menos tempo com bom aspecto quando aplico este creme. Tal como a água micelar, não tive qualquer reacção adversa decorrente da utilização deste hidratante. O FPS15 é, na minha opinião, insuficiente (costumo aplicar FPS30 ou 50 diariamente), mas melhor do que nada para quem não utiliza protector solar por rotina.
A única coisa que não aprecio neste creme é o perfume, visto ser demasiado intenso e enjoativo, na minha opinião. Para agravar, permanece na pele durante algum tempo! Os gostos das fragrâncias são características bastante subjectivas dos produtos e, apesar de esta ser uma característica que não faz com que este hidratante tenha menos qualidade, pode fazer com que algumas pessoas não utilizem este creme por não gostarem do cheiro. Se eu tivesse uma marca optaria sempre por cheiros bastante suaves, para ter a certeza que agradaria a um maior número de pessoas.


Como de costume, a lista de ingredientes para as mais atentas destes assuntos


Já alguém experimentou estes produtos? O que acharam? Podem espreitar o site da marca aqui e a página do Facebook aqui.
Beijinhos*

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

MAKEUP | Destaque do ano #4 - Marc Jacobs Velvet Noir Major Volume Mascara

Se ontem vos falei de um produto super em conta, hoje falo-vos sobre uma das máscaras de pestanas mais caras que tenho (acho que só a Grandiôse da Lancôme a bate), mas também a minha favorita - a Velvet Noir Major Volume Mascara da Marc Jacobs. De todas as máscaras que tenho e já experimentei (e acreditem que são muitas), esta é, sem dúvida, uma das melhores - dá imenso volume (a sua principal função), e ainda alonga e curva as pestanas, sem termos que a passar imensas vezes. Para além disso, deixa as pestanas bem pretas e evidenciadas e não borra ou esfarela (nos meus olhos) ao longo do dia. 



A embalagem é super bonita, de formato hexagonal, com um aspecto elegante mas simultaneamente robusto. O aplicador é uma escova com formato de ampulheta, mais estreita no meio e mais larga nas extremidades, com pelinhos cruzados daqueles "típicos" mas durinhos. Em comparação com os aplicadores típicos, este é um pouco maior, pelo que será necessário alguma atenção quando a aplicamos, para não tocarmos na pálpebra. Não considero que a escova acumule demasiado produto, a não ser na extremidade, que costumo limpar no bucal da embalagem antes passar à aplicação.



A fórmula desta máscara é espessa, pelo que facilmente conseguimos obter algum volume logo desde o momento da compra (não é daquelas máscaras que temos que deixar encostadas durante uns meses até ficarem "no ponto") e, apesar de tudo, dura bastante tempo sem alterar a sua fórmula, continuando usável durante vários meses. É bem pigmentada e seca relativamente rápido, em cerca de 1 ou 2 minutos.

Vamos então ao que importa - o efeito da máscara. Como já disse logo no início, esta é uma máscara de volume, contudo, também alonga e curva as pestanas sem esforço. Nas fotografias abaixo podem ver o efeito com apenas uma camada desta máscara (não acho que necessite de mais camadas) - como tenho eyeliner (e algumas falhas de pestanas que caíram), não notam tão bem o efeito, mas dá para terem uma ideia! E posso dizer-vos que ao vivo tem ainda melhor aspecto. Podem também ver que deixa uns gruminhos minúsculos, mas ao vivo praticamente não se notam (e não caem para o rosto ao longo do dia). Aconselho algum cuidado durante a aplicação porque, por vezes, tende a deixar as pestanas um pouco coladas, mas com mais umas insistências fica resolvido (ou então podem optar por passar com uma outra máscara com um aplicador diferente e que ajude a separar as pestanas, mas é dispensável).



Dura o dia todo, sem esborratar, esfarelar ou desfazer-se. Impecável! Apesar de tudo, não é à prova de água, portanto, há que ter algum cuidado. Costumo removê-la com desmaquilhante bifásico, e não oferece grande resistência à remoção.




O único senão é mesmo o preço - cerca de 28€ (9g), na Sephora.  Percebo perfeitamente que não seja uma máscara para qualquer carteira -  mas, na minha opinião, vale mesmo mesmo a pena. Não digo que não consiga obter um efeito semelhante com outras máscaras, mas não tão facilmente quanto consigo com esta (e algumas nem mesmo passando 20 camadas!).
Se quiserem investir numa máscara estupidamente boa, esta é a minha recomendação.
Espero que tenham gostado.
Beijinhos*

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

MAKEUP | Destaque do ano #3 - Batons líquidos

Não podia deixar passar esta série de destaques de 2016 sem falar de batons líquidos. Até há bem pouco tempo este tipo de batons não era muito conhecidos, mas este ano parece que houve um boom e que todas as marcas têm a sua versão. Até este ano praticamente só tinha experimentado os Cream Lip Stains da Sephora (que são óptimos, mas a gama de cores que temos cá em Portugal deixa um bocadinho a desejar...), mas entretanto já experimentei umas poucas marcas diferentes e hoje vou deixar-vos os 5 batons líquidos neutros que mais utilizo.



Da esquerda para a direita temos:
Milani Amore Matte Lip Crème na cor Honey: um dos últimos batons líquidos que comprei e um dos meus favoritos. A cor é perfeita para o dia-a-dia, sem ser demasiado escura ou demasiado clara. Comprei na Maquillalia.
▷ Inglot HD Lip Tint Matte na cor 37: uma das recentes adições da marca à sua gama de batons líquidos e que faz parte da colecção What a Spice. O mais escuro dos nudes que aqui vos apresento, pelo que se nota bem que está lá nos lábios. Tem um fundo acastanhado, mas sem ficar demasiado castanho nos lábios. Podem encontrar nas lojas físicas da Inglot ou na loja online (comprei na do Aeroporto de Lisboa).
▷ Gerard Cosmetics Hydra-Matte Liquid Lipstick na cor Skinny Dip: sou fã dos batons líquidos da Gerard e o Skinny Dip é um tom nude rosado clarinho, que gosto de utilizar com um lápis de lábios mais acastanhado por baixo, para cortar um pouco no tom rosado. Costumo comprar na Beauty Bay.
▷ LA Splash Velvet Matte Liquid Lipstick na cor Latte: o mais clarinho e mais castanho dos batons que vos apresento, fica interessante quando querem algo que quase "apague" o tom dos vossos lábios. Comprei na Maquillalia e o próximo que vou comprar desta gama vai ser o Tiramisú. 
▷ It Style Irresistible Lips Liquid Lipstick Mat na cor N.1 Natural Pink: apesar de este batom parecer super castanho na loja, como ouvi tanta gente a falar dele e não me parecia assim tão castanho, decidi arriscar e não me arrependo. É um daqueles tons perfeitos que não é demasiado castanho ou demasiado rosado (bastante parecido com o da Milani, como podem ver). Comprei na loja do Dolce Vita Tejo.



Os batons líquidos normalmente não transferem e duram imenso tempo nos lábios. O seu único calcanhar de Aquiles são as refeições que tenham alguma gordura; nessa situação começam a sair rapidamente, principalmente na zona onde os lábios se juntam. É importante ter os lábios em boas condições antes de utilizarem este tipo de batons, uma vez que marcam qualquer pelinha levantada que exista. Alguns podem secar um pouco os lábios ou repuxar um pouco, o que pode ser algo a ter em conta se não gostarem desse tipo de sensação (eu confesso que não sinto grande desconforto com este tipo de batons).
DICA | Se saírem de casa com o batom líquido posto mas se se esqueceram de o colocar na mala para os retoques e acharem que já não está com bom aspecto, passem um bálsamo labial por cima do que resta do vosso batom líquido e vão conseguir tirá-lo (ou espalhar o que resta pela totalidade dos lábios, tornando o seu aspecto mais apresentável).

Também gostam de batons líquidos? Qual o vosso favorito?
Beijinhos*

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

MAKEUP | Destaque do ano #2 - Primark PS Lip Liner Pencil Nude

O produto mais barato que vos mostrar nesta série de destaques é o lápis de lábios que tenho utilizado praticamente todos os dias desde que os descobri - PS Lip Liner Pencil na cor Nude, da Primark. Não sei quais são as características deste lápis que a marca promete (não diz nada na embalagem), mas posso dizer-vos o que eu acho. Embora tenha vários exemplares em stock (porque às vezes desaparecem e estão algum tempo esgotados), só tenho mesmo um tom cor de boca, que é o que eu utilizo no meu dia-a-dia. Estes lápis têm um acabamento mate, são bem pigmentados e cremosos qb (parecem meio encerados). A aplicação é bastante fácil, praticamente sem repuxar os lábios - na maioria das vezes, quando os lápis de lábios são muito cremosos e deslizam quase como batons, acabam por ter uma durabilidade menos boa, o que não acontece com estes lápis da Primark, que duram bastante tempo! Para além disso, não são nada desconfortáveis. E o que falta para ser perfeito? O preço - 1,50€!



Não tenho grandes críticas negativas a fazer à embalagem - é um lápis de afiar, com a tampa e o "rabinho" com um tom bastante semelhante àquele do lápis propriamente dito, para ser mais fácil distingui-lo no meio de outros. A tampa costuma ficar no sítio, o que é um factor positivo, e nunca parti nenhuma (como me acontece com os lápis da MAC, por exemplo).

Este lápis vai necessitar de um afia, visto não ser retráctil

Costumo utilizá-lo por baixo dos batons ou até mesmo por si só, embora nesta situação possa parecer um pouco seco se os lábios não estiverem em condições - para evitar isto, muitas vezes aplico o lápis e depois coloco um pouco de bálsamo labial por cima (mas às vezes também o utilizo sem mais nada).

Este lápis tem um tom neutro meio rosa/meio "apessegado", sem ser demasiado castanho ou alaranjado como uma boa parte dos lápis neutros


A única parte menos boa é o facto de a gama de cores ser um pouco limitada... Mas se gostarem de lápis de lábios nude e quiserem um bem económico e bom, acho que não vão encontrar melhor do que este! É um típico produto BBB - Bom, Bonito e Barato -, com uma relação qualidade-preço imbatível.
Beijinhos*

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

MAKEUP | Destaque do ano #1 - A minha base favorita

Tendo em conta que o ano está a acabar, esta semana vou fazer uma série de publicações com alguns dos produtos que descobri no ano de 2016 que eu acho que merecem destaque - por serem estupidamente bons ou estupidamente bons e baratos (melhor ainda!). E o primeiro produto que quero destacar é, sem dúvida, a minha base favorita - a Infallible 24H-Matte da L'Oréal. Já experimentei muitas bases mais caras - incluindo, por exemplo, a Urban Decay All Nighter, a MUFE Ultra HD, Too Faced Born This Way... - e, se querem que seja sincera, prefiro a base da L'Oréal. Nem preciso de dizer que seja pela relação qualidade-preço, porque apenas a qualidade chegava. Se aliarmos à sua qualidade um preço bem acessível, melhor ainda! Esta base tem uma cobertura bem decente, um acabamento mate, mas sem parecer uma máscara, é mega confortável (até me esqueço que estou a utilizar base) e dura horrores, sem perder o aspecto digno (tanto no Inverno como no Verão!). Se quiserem mais pormenores, têm uma review completa aqui. Na altura em que fiz review equiparava esta base à Pro Longwear da MAC, mas com o passar do tempo a Infallible conquistou o lugar de base favorita.



Costumo comprar a Infallible 24H-Matte na Feelunique, uma vez que cá em Portugal não existem os tons mais claros, e custa cerca de 10€. Se utilizarem tons mais escuros, também a arranjam na Maquillialia ou na Primor.
Já experimentaram? Digam-me o que acham!
Beijinhos*