terça-feira, 18 de julho de 2017

MAKEUP | Nabla Pinkwood, Absinthe, Wild Side & Fossil

Ultimamente tenho tirado algumas fotografias das maquilhagens de olhos que utilizo, pelo que, se calhar é boa ideia aproveitá-las para fazer algumas publicações bem simples e rápidas. Algumas das sombras que mais tenho utilizado têm sido as da Nabla, porque gosto imenso da sua qualidade e porque têm cores muito bonitas. Por isso, esta primeira publicação inclui apenas sombras desta marca.



A forma como maquilho os olhos em termos de sombras não costuma variar muito (variam apenas as sombras) - utilizo uma base para sombras em creme na maioria das vezes (por toda a pálpebra quando é do tom da pele ou apenas no sítio onde quero ter aquela cor quando é colorida), ponho uma sombra na pálpebra móvel, uma ou duas sombras no côncavo (geralmente de acabamento mate) e já está. Nem sempre utilizo uma sombra no canto interno ou uma sombra no arco da sobrancelha. Utilizo delineador quase diariamente (líquido, em gel, lápis...) e finalizo com a máscara de pestanas.



No caso da maquilhagem que vos trago nesta publicação, utilizei os seguintes produtos:
Nabla Crème Shadow Pinkwood: um tom vermelho rosado perolado, que serviu de base na pálpebra móvel, para evidenciar um pouco a tonalidade avermelhada da sombra Absinthe que apliquei por cima desta.
▷ Nabla Eyeshadow Absinthe: sombra duocrome com uma base castanha avermelhada e reflexos esverdeados (muito difíceis de captar nas fotos). Fica com um brilho discreto e muito bonito. Como disse, apliquei-a por toda a pálpebra móvel, em cima da sombra em creme.
▷ Nabla Eyeshadow Wild Side: castanho médio mate, com um subtom quente. Apliquei-a no côncavo, misturada com a Fossil, que é bastante clarinha e mais fria.
▷ Nabla Eyeshadow Fossil: castanho toupeira mate.
▷ Catrice Liquid Liner Waterproof 01 Please Don't Leave Me: apesar de não ser o meu delineador líquido favorito, utilizo com frequência este da Catrice que tem uma ponta de feltro como eu gosto e que dura o dia todo sem sair do sítio nos meus olhos. A única coisa que não aprecio nele é o facto de não ter acabamento mate, que prefiro em relação ao acabamento brilhante. Como alternativas, se quiserem um delineador mate, recomendo o Precision Eyeliner da KIKO ou o Milani Stay Put Matte (que eu utilizo com o aplicador de um da KIKO, porque prefiro o aplicador deste e porque encaixa perfeitamente).
▷ YSL The Shock Mascara: a máscara mais usada dos últimos tempos, já não consigo gostar de outras que vou tentando utilizar depois de ter testado esta. Tenho review aqui.



Esta foto, por estar um pouco desfocada na pálpebra, permite ver um pouco melhor o brilho da sombra e a sua tonalidade mais esverdeada.


Espero que gostem deste tipo de publicações mais simples, mas onde posso dar-vos a conhecer alguns produtos que utilizo diariamente.

sexta-feira, 14 de julho de 2017

MAKEUP | Stila Magnificent Metals Glitter&Glow Liquid Eyeshadows

Se eu fizesse uma série de publicações intituladas "totally worth the hype" (vejam aqui o meu primeiro da série "not worth the hype"), acho que as Magnificent Metals Glitter&Glow Liquid Eyeshadows da Stila eram as primeiras a aparecer. Tenho ouvido imensas pessoas do YouTube a falar maravilhas sobre elas e, como sou super fã de glitter, tive mesmo que experimentar. Facilmente utilizo glitter no meu dia-a-dia, principalmente porque, sento utilizadora de óculos (ando sempre de óculos), tudo acaba por ficar mais esbatido.



Passando então ao que interessa, vou começar por vos contar aquilo que a Stila refere sobre as Magnificent Metals: são sombras líquidas de longa duração que criam a mistura perfeita de partículas peroladas e glitter, para um resultado absolutamente brilhante, luxuoso e chamativo. Prometem ter uma fórmula leve, com uma textura aquosa, que desliza facilmente e seca uniformemente, com um resultado brilhante e com queda de partículas mínima.



Cores
Existem 10 tons no total e eu escolhi 3 tons que estão dentro da gama de tonalidades que normalmente gosto mais de utilizar nos meus olhos - Rose Gold Retro (rosa dourado com brilhos prateados), Kitten Karma (champanhe com brilhos preateados e acobreados) e Smoldering Satin (toupeira com brilhos prateados). Os outros tons são: Diamond Dust (prateado translúcido com brilhos multicolores), Gold Goddess (dourado antigo translúcido com partículas prateadas), Smoky Storm (cinzento/estanho claro com partículas prateadas), Molten Midnight (preto com partículas prateadas e douradas), Bronzed Bell (bronze com partículas prateadas e cobre), Violet Vixen (violeta com partículas violeta e azuis) e Ballet Baby (rosa bebé translúcido com partículas prateada).


Rose Gold Retro | Kitten Karma | Smoldering Satin

Rose Gold Retro

Smoldering Satin

Kitten Karma




Fórmula, acabamento, pigmentação
Inicialmente, quando apliquei estas sombras apenas na minha mão para ver as cores, não fiquei particularmente surpreendida, confesso. Pensei logo "ora bolas, queres ver que isto afinal não é nada do que dizem?". Talvez fosse da luz, mas as sombras não estavam a parecer-me nada brilhantes como eu tinha ouvido falar; via realmente o glitter, mas não brilhava como eu estava à espera. No entanto, tudo mudou quando apliquei as sombras nos olhos! Fiquei imediatamente apaixonada e boquiaberta com o efeito super mega brilhante - e não é só um reflexozinho subtil, é brilho puro mesmo! Estas sombras têm uma base que por si já dá alguma cor e nela estão misturadas partículas de glitter (e é glitter mesmo, não é shimmer). A fórmula destas sombras é líquida-cremosa (faz lembrar as Aquastic da Inglot mas com glitter) e a pigmentação é óptima (embora algumas tenham uma base mais translúcida que outras) e é impossível ter mais glitter do que isto, sem ser glitter puro solto.
Nenhuma destas sombras me irritou os olhos ou deu origem a qualquer tipo de reacção negativa e não se sentem nos olhos.
A cor Rose Gold Retro, das cores que tenho, é a que tem a textura mais refinada e menos "chunky". Dos vídeos que vi, a Gold Goddess e a Diamond Dust são as que têm a base mais translúcida (ficam quase só glitter) e a Ballet Baby é a que tem a pior textura, sendo bastante difícil obter um acabamento uniforme.

Caso tenham interesse na lista de ingredientes


Aplicação
A primeira vez que apliquei estas sombras decidi fazê-lo antes de aplicar a minha maquilhagem no rosto, pois tive algum receio que pudessem cair algumas partículas durante a aplicação, contudo, isso não aconteceu. A única coisa a ter em atenção para evitar queda de partículas para o rosto é deixar a sombra líquida para o final da maquilhagem de olhos, ou seja, esfumem tudo o que tiverem a esfumar antes e, depois de aplicarem a sombra líquida, façam o menos possível nos olhos (ainda assim, não tive problemas a aplicar o eyeliner por cima), caso contrário, podem efectivamente sofrer um pouco de fall-out (mas nada que se compare a um glitter solto!). Seca rápido, portanto, têm que trabalhar rapidinho. Costumo aplicar directamente com o aplicador e depois, caso seja necessário, dou batidinhas com o dedo (mais fall-out) ou passo com um pincel sintético (menos fall-out, praticamente nulo) para esbater. Se não estiverem a conseguir um efeito uniforme, apliquem com batidinhas e tudo ficará impecável. Podem aplicar por cima de outras sombras ou por si só.
É importante não aplicar demasiado produto (se for preciso, limpem o excesso de produto nas laterais da embalagem), para ter a certeza que o glitter agarra bem à pálpebra; se for necessário, podem construir a sombra em camadas, embora desta forma possam ter alguma queda de partículas para o rosto. Idealmente, deve ficar tudo certinho na primeira aplicação, para não ser preciso mexer (mas há alguma margem de manobra) - não é difícil, visto que desliza muito facilmente e fica uniforme sem esforço.

Durabilidade
Este campo surpreendeu-me, porque não estava à espera que o brilho durasse tanto tempo sem sair do sítio. Nem sequer há necessidade de aplicarem um primer específico para glitter (embora possam fazê-lo, porque o glitter agarra ainda melhor à pálpebra desta forma), pois a base líquida na qual as partículas estão misturadas é mais do que suficiente para agarrar tudo à vossa pálpebra. Já utilizei estas sombras de manhã até à noite e o fall-out é mínimo (não é nulo, mas é mínimo, quando comparado com glitter solto), se não forem daquelas pessoas que andam constantemente a mexer nos olhos. Se for esse o vosso caso, podem sofrer um pouco mais neste campo.

Remoção
Costumo remover com o desmaquilhante bifásico (como tudo o que utilizo nos olhos) e sai praticamente tudo sem dificuldade. Pode haver assim uma ou outra partícula de glitter mais teimosa que teima em ir dançando de um lado para o outro no nosso rosto, mas nada de grave.

Embalagem
A embalagem, apesar de pequena, é um pouco mais gorducha do que o necessário, mas ainda assim gira e compacta e as suas linhas rectas tornam-na fácil de arrumar. A tampa é de enroscar e dá um género de um "click" que nos permite perceber que a embalagem ficou bem fechada. O corpo da embalagem é transparente, permitindo ver a cor do produto (tem uma etiqueta com o nome na parte de baixo da embalagem). O aplicador é flexível, macio e muito prático - tem dois lados achatados que permitem aplicar o produto em zonas maiores, e as partes laterais, mais finas, permitem chegar às zonas mais difíceis (ou mesmo aplicar o produto como eyeliner). Não é daqueles aplicadores que traz demasiado produto agarrado quando o tiram da embalagem (tem um stopper, que limpa um pouco do produto conforme puxam o aplicador), mas se acharem que ainda assim é demasiado, é só limparem um pouco nas laterais da abertura e tudo fica resolvido (não sinto essa necessidade).


Nesta foto podem ver o lado mais largo do aplicador e o stopper existente na embalagem, que evita que venha demasiado produto agarrado ao aplicador

Preço e onde comprar
Podem encontrá-las na Feelunique (onde comprei as minhas e onde havia mais cores quando comprei), Cult Beauty e Beauty Bay e o preço ronda os 26/27€ (4,5mL). São caras, eu sei, mas se gostarem de glitter e tiverem hipótese de as comprar, não deixem de o fazer porque tenho a certeza que vão ficar tão maravilhadas quanto eu.

[Nota: se comprarem no site da Feelunique através do meu link, têm um desconto de £10, se for a vossa primeira compra]

O que acharam destas sombras?

quarta-feira, 12 de julho de 2017

MAKEUP | Nabla Freedomination Collection (Summer 2017)

É hojeeee! Já podem encontrar no site da Nabla e na Maquillalia a nova colecção Freedomination da Nabla. Estou super entusiasmada com esta colecção principalmente por causa de duas sombras que são simplesmente maravilhosas. Fiz swatches de todos os produtos para irem a correr comprar aqueles que gostarem mais ♥ Esta colecção conta com: 10 sombras, 4 batons Diva Crime, 2 batons líquidos Dreamy Matte, 2 Dazzle Liners, 2 Blossom Blushes, 2 Shade&Glow e 2 Liberty Palettes. Ainda não utilizei todos os produtos, mas vou deixando a minha opinião naqueles que já testei.





Vou começar pela minha parte favorita - as sombras. Como disse, esta colecção traz-nos 10 novas sombras com diversos acabamentos diferentes. Podem comprá-las na versão refill ou na versão que traz a embalagem (deixei os preços de cada uma individualmente mais abaixo, porque varia consoante o acabamento).





Alchemy: sombra duocrome com um fundo castanho avermelhado e reflexos azulados/arroxeados. Acabamento Celestial. Extremamente bonita, com um brilho "acabamento molhado". Aconselho utilização de um primer para glitter (utilizo a da NYX ou a da H&M). [9,90€]
▷ Mystic: rosa pálido metálico com brilhos rosa-champanhe. Acabamento Bright. Super super pigmentada e cremosa, tem uns brilhinhos super pequenos que lhe dão toda uma dimensão diferente do habitual (deviam vê-la quando bate o sol); o único problema é que os brilhinhos tendem a cair para o rosto durante a aplicação e, por isso,  tal como a anterior, aconselho utilização de um primer para glitter. [6,50€]
▷ Millennium: dourado claro com reflexo coral/rosado. Acabamento Satin. [6,50€]
▷ On The Road: castanho bronze com reflexos avermelhados. Acabamento Satin. [6,50€]
▷ Freestyler: azul claro com reflexo dourado. Acabamento Satin. [6,50€]

Alchemy | Mystic | Millennium | On The Road | Freestyler




Lotus: rosa frio pastel/violeta mate. Acabamento Super-matte. [7,90€]
▷ Eresia: roxo mate. Acabamento Super-matte. [7,90€]
▷ New Heaven: azul turquesa mate. Acabamento Super-matte. [7,90€]
▷ Virgin Island: azul céu com glitter azul. Acabamento Celestial. É a menos pigmentada das 10 sombras. [9,90€]
▷ Blue Velvet: azul escuro mate. Acabamento Super-matte. É talvez aquela com a qual é mais difícil obter um resultado uniforme; ainda assim, é muito pigmentada e é preciso mão leve ao aplicá-la. [7,90€]

Lotus | Eresia | New Heaven | Virgin Island | Blue Velvet




Passamos então em seguida aos blushes, iluminador e pó bronzeador. Tenho vários blushes da Nabla e utilizo-os imenso no meu dia-a-dia. As duas cores que estão incluídas nesta colecção não são das minhas favoritas (rosas acastanhados preenchem o meu coração quase por completo, deixando pouco espaço para tons que fujam muito disso), mas já utilizei o rosinha e não desgostei.
Happytude: blush rosa pastel, com um toquezinho lilás, mate.
Habana: blush coral/pêssego mate.
▷ Monoi: pó bronzeador com um subtom discretamente alaranjado, com um brilhinho subtil. É daqueles que dá um glow saudável à pele. Não aconselhável para fazer contorno pelo seu subtom e pelos brilhos, fica muito bonito para fazer sobressair uma pele bronzeada (ou para fazer de conta que estamos bronzeadas). Não é extremamente pigmentado, pelo que é difícil errar.
▷ Obsexed: iluminador champanhe com reflexos rosados e apessegados. Lindíssimo!
A única coisa de que não sou fã nos blushes da Nabla é o facto de terem fragrância adicionada (só se sente no momento da aplicação).

Podem comprar a versão com a embalagem [13,90€] ou a versão refill [10,50€], para colocarem directamente numa paleta magnetizada.

Happytude | Habana | Monoi | Obsexed

Olhem bem o reflexo do iluminador! ♥



Passamos então para os lábios. Um dos meus batons favoritos de sempre é da Nabla - o Diva Crime Lipstick na cor Rock n' Nude - porque, para além de gostar da cor (rosa acinzentado), os batons da Nabla têm um acabamento mate confortável e duram imenso nos lábios (para além de serem muito pigmentados). Nesta colecção temos 4 batons Diva Crime e 2 batons líquidos.



Começo então pelos Diva Crime Lipsticks [12,90€]. Nesta colecção vestem-se com uma embalagem azul arroxeada mate, ao invés da habitual embalagem cor de chumbo e brilhante. São de edição limitada.
▷ Reverse: lavanda acinzentado, mate.
▷ Bohème: rosa com um toquezinho violeta, assim com um toquezinho de rosa Barbie (não parece nos swatches, mas deixo uma foto mais abaixo onde conseguem perceber que é menos nude do que pode parecer à primeira vista). Acabamento mate.
▷ Goa: castanho quente com acabamento metalizado. Não é um tom que considere propriamente de verão, mas...
Perfect Day: vermelho com subtom coral, acabamento mate.


Reverse | Bohème | Goa | Perfect Day


Bohème


E agora os batons líquidos [14,90€]. Desta vez a Nabla traz-nos um batom líquido mate e um mate metalizado (cheira-me que vem aí lançamento breve de uma gama com este acabamento). Ainda não vos falei sobre os batons líquidos da Nabla, mas vou tratar disso brevemente, numa publicação dedicada a este recente lançamento da marca.
▷ Fetish Mauve: rosa malva mate.
▷ Antimatter: batom líquido metalizado com uma tonalidade rose gold(ish).



Fetish Mauve | Antimatter


Voltando um pouquinho atrás e mencionando produtos de olhos novamente, temos 2 Dazzle Liners [11,90€], delineadores líquidos com um acabamento duocrome. A única coisa da qual não sou fã nestes delineadores é o pincel, visto ser daqueles que têm pelinhos e não de feltro. Acho os de feltro muito mais fáceis de controlar! São de edição limitada.
▷ Purity: tom esbranquiçado com reflexo essencialmente rosa/lilás.
▷ Crystal: turquesa esverdeado com reflexos dourados e prateados. Faz lembrar as sereias!


Purity | Crystal


Para terminar, duas Liberty Palettes - as mais bonitas até agora, na minha opinião. Temos duas versões - para 6 [7€] e para 4 sombras [4,5€]. Tenho pena que não haja uma paleta de 12 sombras nesta versão, porque são simplesmente fantásticas, com um desenho marmoreado em tons de azul, verde, roxo, branco e detalhes dourados. São de edição limitada.



Não podia acabar esta publicação sem vos mostrar duas maquilhagens de olhos bem simples que fiz utilizando as minhas duas sombras favoritas - Alchemy e Mystic.


Bling bling!





Se tivesse que eleger o meu top 3 desta colecção, eles seriam: as sombras Alchemy e Mystic (já era de esperar) e o iluminador Obsexed. O que acharam?

segunda-feira, 10 de julho de 2017

REVIEW | Yves Saint Laurent The Shock Mascara Volume Effect Faux Cils

Já mencionei vezes sem conta a máscara que vos trago hoje nesta publicação, que é a máscara que tenho utilizado mais nos últimos tempos e uma das minhas favoritas de sempre - a The Shock da Yves Saint Laurent. Se gostarem de máscaras que dão volume à séria, têm que experimentar esta! Foi lançada recentemente pela marca e promete um "volume chocante, intenso e dramático".



Fórmula, acabamento, pigmentação
Esta é uma daquelas máscaras de pestanas bem espessas e cremosas, que está logo perfeita para ser utilizada assim que a compram (não é como outras que só ficam mesmo boas passado algum tempo, quando se tornam um pouco mais espessas). Já a tenho há algum tempo, utilizo-a quase diariamente e não noto que a fórmula se tenha alterado.
Não sei porquê, a YSL gosta de adicionar perfume às máscaras e esta não é excepção. Apesar disso, não sinto que irrite os meus olhos nem durante a aplicação nem ao longo do tempo de utilização. A fragrância sente-se efectivamente durante a aplicação, mas depois desvanece e não volta a ser perceptível.

Cor
Super preta e intensa, a The Shock não desilude neste campo também.

Aplicação
O aplicador esboça a forma de uma ampulheta e tem um tamanho médio-a-grande. Não tem muitos "pelinhos" e os que tem têm comprimento variável consoante a localização na escovinha. Devido à sua dimensão, é preciso algum cuidado durante a aplicação, para não sujar muito a pálpebra (eu sou uma desajeitada a aplicar máscara e sujo a pálpebra com quase tudo o que é máscara). A minha única queixa em relação a esta máscara é o facto de vir demasiado produto agarrado à escovinha. Como é uma máscara muito espessa, sinto necessidade de limpar o excesso na abertura do tubo (para não desperdiçar produto), porque assim torna-se muito mais fácil de trabalhar, para conseguir umas pestanas volumosas mas bem separadas (e intensamente pretas!). Não limpando, facilmente as pestanas ficam agarradas umas às outras e depois só consigo separá-las com outra máscara com uma escova de plástico (para esta função gosto muito da Roller Lash da Benefit). Para além de volume, ainda dá algum alongamento e curvatura (já deixei de utilizar curvador de pestanas há imenso tempo), o que são pontos positivos também. 



Nada melhor do que verem o efeito do antes e depois nas fotografias abaixo. Costumo aplicar a primeira camada nos dois olhos e depois volto a dar uma "segunda camada", mas sem voltar a molhar o aplicador novamente na máscara (e sem que a camada anterior tenha secado completamente). Pode eventualmente ficar com um ou outro grumo, que se tira facilmente.

Vêem bem a diferença? A-do-ro!


Durabilidade
Até agora, mesmo levando esta máscara ao ginásio (onde é submetida a condições extremas de transpiração), não costuma esfarelar ou borrar em mim. Também aguenta bem a curvatura ao longo do dia. De referir que já existe uma versão à prova de água desta máscara, que vai ser a minha próxima aquisição. Não acho que deixe as pestanas demasiado rijas e também não é uma daquelas máscaras que parece que deixa as pestanas pesadas.

Remoção
Removo sempre com um desmaquilhante bifásico (após lavar a cara com um gel próprio para o efeito) e sai como maioria das máscaras que não são à prova de água.

Embalagem
A embalagem super bonita, preta com detalhes em rosa metalizado brilhante, com o logótipo da marca em relevo na "tampa". A única coisa que acho que lhe falta é um stopper para limpar um pouco o excesso de máscara que vem agarrada à escovinha. Como disse anteriormente, para ser mais fácil de trabalhar com esta máscara e para não ficar com as pestanas agarradas, sinto necessidade de limpar o excesso de máscara na abertura do tubo (faz toda a diferença para facilitar a aplicação).



Preço e onde comprar
O preço normal desta máscara cá em Portugal é quase 30€ (Sephora, Perfumes&Companhia, Douglas, etc.), mas mandei-a vir do site da Primor, onde custa 18€ (o que não é um preço assim tão diferente de algumas máscaras de supermercado cá em Portugal, que chegam a custar 15 ou 16€). De todas as máscaras de supermercado que já experimentei, não tenho nenhuma com a qual consiga obter um volume tão intenso e, melhor do que isso, tão facilmente.



Resumindo e concluindo, adoro esta máscara porque com ela consigo umas pestanas mega volumosas sem grande esforço, sem ter que passar camadas e camadas de máscara. Sinceramente não consigo imaginar uma máscara a fazer melhor trabalho do que esta: dá um volume intenso, alongamento e curvatura, mas sem comprometer a separação das pestanas. Recomendo!